terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Eleições 2018 | Bolsonaro não conseguirá registro de sua candidatura

Ele não conta com nenhum partido que lhe garante o registro para disputa,  pior agora, com seu processo de desconstrução iniciado na grande mídia



O sistema financeiro, as Organizações Globo e grupos de mídias associados aos mesmos interesses, começaram no domingo, 07 de janeiro de 2018, o processo de implosão da candidatura de Jair Bolsonaro com dois atos explicitamente orquestrados, como veremos a seguir.

Não foi por acaso a Folha de São Paulo veicular em sua página na internet, não uma, mas DUAS reportagens desferindo de morte a “fama” de honesto do presidenciável Jair Bolsonaro, uma de seu enriquecimento suspeito e outra sobre sua farra com auxílio moradia, no mesmo dia em que o Domingão do Faustão ofereceu SESSENTA MINUTOS de palanque eleitoral-extemporâneo para o agora confirmadíssimo presidenciável, Luciano Huck.

Observem com atenção que as reportagens veiculadas na Folha de São Paulo ainda não apresentaram nenhum documento ou qualquer tipo de prova, ambas foram iscas, para o BozoNazi se manifestar em sua rede social se defendendo com ares de vítima-perseguida...

...e ele já caiu na arapuca que será espetada nos próximos dias, com novas reportagens 
exibindo os documentos cartorários que comprovam os imóveis e seus valores questionados.

Ainda ganhará desdobramento deste noticiário sobre as medidas que a Receita Federal tomará com as “denúncias” veiculadas em grande jornal de circulação nacional, que já exibiu trinta e duas perguntas enviadas ao deputado-presidenciável, que não respondeu...

...o processo de desconstrução midiática atingirá o nível máximo da artilharia quando todos esses elementos alimentarem aquela reportagem bombástica sobre o caso no Jornal Nazional...

...com o Willian Bonner se dirigindo a vocês com a testa franzida com cara de reprovação na “velocidade-10”.



Se dentre pelo menos três meses o processo de desconstrução-midiática não surtir efeito, e BolsoNazi permanecer no mesmo patamar nas pesquisas, a estratégia passa a ser estritamente partidária...

...com os caciques que coordenarão a candidatura de Luciano Huck se dirigindo com milhões-em-malas para o presidente do partido em que Bolsonaro estiver até março, pagando alto para que lhe negue o registro, e o deixando a ver navios.

A aposta da candidatura Huck está na condenação de segundo instância de Lula, e sua consequente inviabilização para o registro de candidatura, na crença que mesmo fora da disputa, o ex-presidente petista não seria determinante como cabo eleitoral, com isso ele precisa eliminar Bolsonaro do caminho, para ele crer que a disputa ficará entre ele, Marina e um candidato petista indicado por Lula.

Bolsonaro é um idiota-útil com prazo de validade vencida dentro do golpe, que precisava de um político não alvejado pela Lava Jato e que batesse diariamente em Lula, no PT e em toda esquerda, para tentar sustentar a rejeição a candidatura Lula que acabou não sutindo o feito esperado.



Agora o sistema que permitiu BozoNazi surfar como presidenciável segundo colocado nas pesquisas, passa a investir na sua própria candidatura, descartando mais um político que se tornou moda nacional, como fez com o próprio Aécio Neves e todos os nomes do PSDB, para lançar Luciano Huck nas eleições de 2018.

Mesmo com toda esta abordagem acima, eu ainda não acredito que o processo eleitoral deste ano transcorrerá dentro da normalidade democrática, e o Eric Nepomuceno também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário